Rio de Janeiro

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

O que fazer no Rio de Janeiro | Roteiros de passeios

O Rio de Janeiro pode ser aproveitado de inúmeras maneiras. Você pode simplesmente contemplar a beleza e curtir a praia, ou sair explorando todos os cantos da Cidade Maravilhosa. Também dá para misturar as duas coisas. Veja nesta página roteiros prontos para seus passeios no Rio de Janeiro. Com dicas de 50 atrações na cidade, não vai faltar ideia sobre o que fazer no Rio de Janeiro:

A Bóia recomenda: o que fazer no Rio

Faça como os argentinos: curta a praia

Brasileiros parecem ter esquecido que o Rio de Janeiro é um balneário urbano como nenhum outro. Descubra a sua praia.

Aproveite o Rio além dos cartões-postais

Nosso roteiro de 48 horas leva você a todas as atrações mais desejadas da cidade.

Mas não fique só nelas. Curta a noite e inclua shows e também peças de teatro na sua programação. É outra viagem.

Ande de metrô, VLT e Uber

O Rio pode ser visitado como se visita uma capital européia: de transporte público. Metrô e VLT levam à grande maioria das atrações. Para as outras, vá a pé ou de Uber. (Evite o ônibus.) Veja como se locomover no Rio.

Suba ao Cristo Redentor e ao Pão de Açúcar com céu azul

Dias nublados e chuvosos não proporcionam a experiência como deve ser. Se não rolar nenhum dia perfeito, deixe o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar para a próxima. Sim, haverá próxima.

Não sucumba à paranóia

Tome todas as precauções que você já toma na sua cidade e aproveite o Rio. Acredite: o Rio de Janeiro é muito mais seguro para o visitante do que para os moradores. Veja por quê.

Voltar | Topo

Roteiro pronto: 48 horas no Rio

O que fazer no Rio: roteiros prontos

Este roteiro foi feito para quem tem pouco tempo no Rio. Também serve para concentrar a sua turistagem em poucos dias, deixando os outros dias livres para curtir sem muito planejamento.

A ordem dos dias não é rígida.

Faça o roteiro do Dia 1 no dia em que a meteorologia previr o melhor tempo. Para fazer esse itinerário caber no seu dia, você vai precisar usar prioritariamente o Uber.

Já o roteiro do Dia 2 fica menos prejudicado num dia chuvoso. Dá para usar o transporte público.

      • Se você quiser fazer um city-tour privativo, com guia, recomendo minha amiga Meilin Mares Guia da Turismares. Meilin mostra o melhor do Rio e deixa seguro para, se quiser, continuar sua exploração nos dias seguintes. Dê uma olhadinha nas resenhas espetaculares de seus clientes no TripAdvisor.

Dia 1: Pão de Açúcar, Cristo Redentor e Zona Sul

Para ver os detalhes de cada visita, clique nos links em azul

9h: Pão de Açúcar, de Uber ou táxi.

11h30: Jardim Botânico, de Uber ou táxi. Faça um lanche no Jarbô Café ou no Garden Café, dentro do parque.

14h: Cristo Redentor, de Uber ou táxi à Estação do Trenzinho. (Saia às 13h15 do Jardim Botânico, já com passagem comprada para o Cristo.)

16h30: Forte de Copacabana, de Uber ou táxi.

17h30: Pôr do sol no Arpoador, a pé. (Sig pela R. Francisco Otaviano, vire à esquerda na servidão ao lado do hotel Arena Ipanema).

Noite: Divirta-se.

Dia 2: Boulevard Olímpico e Centro

Para ver os detalhes de cada visita, clique nos links em azul

9h: Escadaria Selarón e Arcos da Lapa, de metrô (Cinelândia).

10h15: Mural Etnias, de VLT (Parada dos Navios).

11h: Museu do Amanhã, a pé. (Compre ingresso com antecedência.)

13h30: Almoce na Fazenda Culinária, Mironga ou Cais do Oriente -- ou faça um lanche nos food trucks do Píer Mauá.

15h30: Mosteiro de São Bento, a pé.

16h30: Da Pira Olímpica à Praça XV pela Orla Conde, a pé.

17h30: Confeitaria Colombo, de VLT (parada Colombo).

Para ver itinerários que incluam outras atrações da região, (como o AquaRio, o CCBB</a, Ilha Fiscal ou Theatro Municipal), veja a página Boulevard Olímpico

Noite: Divirta-se.

Voltar | Topo

Mais dias no Rio

Não tente esquadrinhar o Rio inteiro numa viagem só. O Rio de Janeiro é dessas grandes cidades em que a cada volta você pode fazer passeios diferentes (e repetir seus favoritos). Veja alguns itinerários com atrações fáceis de combinar:

Voltar | Topo

Rio com crianças

O que fazer no Rio de Janeiro: Parque do Cantagalo

Não faltam programas amigáveis para fazer com crianças no Rio. Além das atrações turísticas que são amigáveis aos baixinhos, você pode compartilhar os programas infantis dos moradores.

Uma seleção de passeios no Rio para fazer com crianças:

Rio: passeios com crianças

Para ver os detalhes de cada visita, clique nos links em azul

Meios de transporte incríveis
Bondinho do Pão de Açúcar
Trem do Corcovado
Boulevard Olímpico de VLT
Roda Gigante Rio Star
Passeios de barco pela Baía de Guanabara

Templo do futebol
Maracanã

Bichos
AquaRio
Fazendinha
RioZoo (visitação parcial, está em obras)

Educativos
Museu do Amanhã
Passeio à Ilha Fiscal
Museu da República (no palácio onde se suicidou Getúlio Vargas)
Museu de Belas Artes (quadros que a gente conhece dos livros didáticos)
Teatro Municipal (visita guiada)
Um dia imperial em Petrópolis

Parquinhos
Lagoa: Parque dos Patins (atividades de ação), Parque do Cantagalo (pedalinhos) e Parque das Catacumbas (integrado à natureza, com atividades semi-radicais no fim de semana).

Passeios de natureza
Fazendinha
Jardim Botânico
EcoBalsa na Lagoa Marapendi

Praias para ir com criança pequena
Praia Vermelha (sempre mansa)
Posto 6 de Copacabana (normalmente mansa)
Arpoador (mansa no verão)
Leblon (não é mansa, mas tem o Baixo Bebê)

Teatro!
→ Procure a programação de teatro no encarte Rio Show, que sai na sexta n'O Globo.

Resorts urbanos
Grand Hyatt Rio de Janeiro (Barra)
Sheraton Grand Rio (Vidigal)
Hotel Nacional (São Conrado)

Voltar | Topo

O que fazer no Rio de Janeiro: atrações A-Z

AquaRio

Boulevard Olímpico: AquaRio

Aparece em: Passeios combinados | Rio com crianças | Boulevard Olímpico

Com 28 tanques -- incluindo um tanque gigante, que você atravessa por um túnel de acrílico por baixo de tubarões e arraias --, o AquaRio é o maior aquário marinho da América Latina. Se você já visitou outros grandes aquários do mundo, como Lisboa ou Monterey, não verá novidades. Mas para neófitos e sobretudo crianças, é um programa mágico. Ao entrar, você sobe de elevador ao terceiro andar, onde começa o circuito da visita. Reserve ao menos 90 minutos para completar o circuito. Compre ingressos com antecedência (nas férias, costumam esgotar já na véspera). Visitando nos primeiros horários da manhã, pode ser que você encontre os corredores menos congestionados.

Brasileiros e cidadãos do Mercosul podem comprar o bilhete promocional Mercosul. Cariocas e residentes no Rio (com comprovante), o bilhete promocional Rio.

Veja detalhes da visita, incluindo os protocolos de funcionamento durante a pandemia, no post Por dentro do AquaRio.

AquaRio
      • Endereço: Praça Muhammad Ali, s/n
      • Como chegar:
        • VLT parada Utopia/AquaRio
      • Telefone: (21) 2042-5312
      • Horário:
        • 2ª a 6ª 9h-17h
        • última entrada 16h
        • sáb, dom e fer 9h-19h
        • última entrada 18h
      • Ingressos:
        • inteira: R$ 140
        • promo visitantes Mercosul: R$ 110
        • promo visitantes Brasil: R$ 100
        • promo Rio (visitantes nascidos ou residentes no estado do Rio): R$ 70
        • promo Rio para compra antecipada: R$ 60
        • meia-entrada R$ 70
        • vip expresso (entrada prioritária sem horário marcado) R$ 160
      • Site oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Bate-volta a Angra dos Reis, Arraial do Cabo, Búzios ou Ilha Grande

Arraial do Cabo RJ

Durante a sua estada no Rio, você vai ser bombardeado com ofertas de passeios a praias próximas. Resista. Não valem a pena. Veja por quê:

        • Essas praias não são tão próximas assim. Búzios, Cabo Frio e Arraial do Cabo estão a 3 horas de viagem (para ir e depois para voltar). O embarque para passeios a 'ilhas tropicais' ou Ilha Grande está a pelo menos duas horas e meia do seu hotel. No caminho é certo que você vá enfrentar engarrafamentos, para ir ou para voltar. Não será um dia agradável
        • O tempo é imprevisível. Esses passeios precisam ser decididos até a véspera. O clima pode mudar sem avisar. Ventos frios que sopram do mar costumam fazer surpresas aos meteorologistas, e dias com previsão de tempo ótimo amanhecem encobertos (e assim ficam durante o dia). A trajetória de frentes frias também pode se acelerar, mudar o tempo e estragar o seu passeio

Não dá tempo para aproveitar. Tanto a região dos Lagos (Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio) quanto a Costa Verde (onde estão Angra, Ilha Grande e Paraty) devem ser exploradas com mais calma. Esse esquema vapt-vupt só é bom para quem vende o passeio

Veja nossos guias de Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio e Paraty.

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Bate-volta a Niterói

Rio de Janeiro: o que fazer - Niterói

A uma curta travessia de barca, saindo da Praça XV, Niterói oferece as vistas mais bonitas do Rio e suas montanhas. De quebra, tem uma atração de valor histórico (a Fortaleza de Santa Cruz), um ícone arquitetônico (o MAC, de Niemeyer) e um trio de ótimas praias oceânicas.

Veja o roteiro de 1 dia em Niterói na página Niterói deste guia.

Leia sobre as praias oceânicas de Niterói na página Praias deste guia: Camboinhas, Itaipu e Itacoatiara.

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Bate-volta a Petrópolis

O que fazer no Rio de Janeiro: bate-volta a Petrópolis

A meros 60 km da saída da cidade (75 km da beira da praia de Copacabana), Petrópolis proporciona um dia charmoso na serra, com temperaturas sempre mais amenas que no Rio. O Museu Imperial, o Palácio de Cristal, a Casa de Santos Dumont, o antigo hotel Quitandinha e uma visita à cervejaria Bohemia compõem um itinerário redondo e factível sem maiores perrengues.

Veja o roteiro de 1 dia em Petrópolis no nosso Guia de Petrópolis.

Veja como chegar à Rodoviária na página Rodoviária deste guia.

Caso queira fazer o passeio guiado, há tours compartilhados de dia inteiro a Petrópolis, com ou sem almoço, com ou sem visita à Cervejaria Bohemia. Entre R$ 261  a R$ 347 por pessoa.

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Biblioteca Nacional

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Biblioteca Nacional

Aparece em: Passeios combinados

O belo prédio neoclássico-eclético que completa o trio de atrações culturais da Cinelândia é a Biblioteca Nacional, que está ali desde 1910. É a mais importante do Brasil e uma das maiores do mundo, com acervo valiosíssimo de cartografia, manuscritos, partituras e obras raras. De 2ª a 6ª é possível percorrer suas instalações em visitas guiadas. No térreo há um espaço para exposições temporárias.

Biblioteca Nacional
      • Endereço: Av. Rio Branco, 219
      • Como chegar:
        • metrô Cinelândia, saída C (Pedro Lessa), ou saída A (Theatro Municipal)
      • Telefone: (21)2220-9608
      • Horários:
        • 2ª a 6ª 9h-19h
        • sáb 10h30-15h
        • dom e feriado: fechada
      • Visitas guiadas: 2ª-6ª 9h-17h
      • Entrada e visita guiada: grátis
      • Site oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Boulevard Olímpico

O que fazer no Rio de Janeiro: Boulevard Olímpico

Atrações do Boulevard Olímpico fazem parte dos roteiros: 48h no Rio | Passeios combinados | Rio com crianças

Erguido no lugar de um viaduto que alijava a cidade de sua orla central, o Boulevard Olímpico é a nova grande atração do Rio de Janeiro.

Seus 3,5 km de extensão levam a várias novidades pós-olímpicas (como Museu do Amanhã, o AquaRio, a Roda Gigante Rio Star, M.A.R., painel Etnias, a Pira Olímpica e o passeio de barco Rio Boulevard Tour. E também dá acesso desimpedido a atrações tradicionais que ficavam escondidas pelo traçado emaranhado das ruas do centro (casos de Mosteiro de São Bento, Centro Cultural Banco do Brasil e Ilha Fiscal.

O Boulevard também deixou mais fácil visitar o pitoresco Morro da Conceição e desencavou o Cais do Valongo, local de desembarque de navios negreiros que é um dos mais novos patrimônios da humanidade da Unesco.

E é fácil combinar passeios ao Boulevard com duas atrações próximas, a Confeitaria Colombo e o Museu Histórico Nacional.

Temos uma página dedicada ao Boulevard Olímpico em que você pode consultar 5 roteiros para combinar suas atrações.

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Cadeg

Aparece em: Passeios combinados

A Cadeg (na verdade, "o" Cadeg: Centro de Abastecimento do Estado da Guanabara) é um mercado que abastece bons restaurantes, empórios e floriculturas do Rio. Usando os melhores ingredientes da cidade, os restaurantes do mercado foram descobertos há alguns anos por um público em busca de comida boa a preço justo. Ir até Benfica para traçar um belo bacalhau virou programa de gourmets de todos os quadrantes da cidade.

O bacalhau mais famoso é o do Barsa (tel. 21 2585-3743 - Instagram), mas quase todos os restaurantes servem o prato em porções generosas. Outro campeão de preferência é o Costelão da Cadeg (tel. 21 2589-0022 - Facebook), que prepara a costela na brasa, mas também na forma risoto ou mesmo prosaicos bolinhos. Se bem que o bolinho mais procurado do Cadeg é mesmo de bacalhau, servido pelo Cantinho das Concertinas (tel. 21 2580-4326), que aos sábados faz uma pequena festa portuguesa ao som de acordeons (as concertinas do nome).

Os restaurantes costumam abrir diariamente para almoço. Sábados e domingos são os dias mais concorridos -- mas vá prevenido que no sábado à tarde e no domingo as lojas e empórios estarão fechados.

Cadeg
  • Endereço: R. Capitão Félix, 10 (Benfica)
  • Como chegar:
    • Metrô São Cristóvão, saída B (Trens da SuperVia) + Uber ou táxi
    • Uber ou táxi
  • Telefone: (21) 3890-0202
  • Horários:
    • flores: 2ª a sáb 2h às 12h
    • lojas: variável, normalmente 2ª a 6h até 18h, sáb até 12h ou 13
    • restaurantes: diariamente para almoço
  • Site

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Casa Firjan

Breve.

Cais do Valongo

Cais do Valongo, Rio de Janeiro

Cais do Valongo

Aparece em: Boulevard Olímpico

Durante as obras da zona portuária para o Boulevard Olímpico e a linha do VLT foram desencavadas ruínas do Cais do Valongo. Este era o local onde aportavam os navios que traziam escravos da África. O lugar funciona hoje como um sítio arqueológico, foi alçado a Patrimônio da Humanidade da Unesco em 2018. Fala-se em construir o primeiro museu brasileiro dedicado à memória da escravidão -- um tema doloroso mas que precisa ser abordado, até para que se avalie o tamanho da dívida do Brasil com a população afro-descendente.

A visita pode (deve!) ser complementada com uma esticada até o Museu Memorial dos Pretos Novos, a menos de 10 minutos de caminhada. Localizado sobre o sítio arqueológico do Cemitério dos Pretos Novos, onde eram enterrados os escravos que morriam ao chegar ao Rio, antes mesmo de serem vendidos. O museu se dedica à memória dos enterrados e também sobre a vida dos descentes de escravos no Brasil e à cultura afro-brasileira.

Cais do Valongo
  • Endereço: Av. Barão de Tefé, entre av. Venezuela e R. Sacadura Cabral
  • Como chegar:
    • VLT Parada dos Navios
  • Não fecha
Museu Memorial dos Pretos Novos
  • Endereço: R. Pedro Ernesto, 3234
  • Como chegar:
    • VLT parada Harmonia
  • Horários:
    • 5ª e 6ª 14h-15h e 15h-16h
    • sáb 12h-13h e 13h-14h
  • Ingressos:
    • inteira: R$ 20
    • meia: R$ 10
    • Para visita guiada opcional, veja aqui
  • Site oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)

Boulevard Olímpico: CCBB

Aparece em: Passeios combinados | Rio com crianças | Boulevard Olímpico

Agora bem mais fácil de achar, graças à Orla Conde e ao VLT, o Centro Cultural Banco do Brasil que tem um calendário intenso de exposições, com entrada gratuita. O prédio é lindo: uma construção do início do século passado que inicialmente abrigou a Associação Comercial do Rio de Janeiro. A cúpula é magnífica.

Para continuar no espírito Rio belle-époque, você pode dar uma esticada até mais adiante, no número 16 da rua Primeiro de Março, onde está a loja-conceito dos Sabonetes Granado -- a primeira da rede neste estilo e, até hoje, a mais bonita (2ª a 6ª 9h-19h, sábado 10h-14h).

CCBB
  • R. Primeiro de Março, 66
  • Como chegar:
    • VLT parada Candelária
  • Telefone: (21) 3808-2020
  • Horário:
    • 4ª a 2ª 9h-21h
    • 3ª fechado
  • Agendamentos podem ser feitos pelo site, aqui
  • Entrada gratuita
  • Site oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Cidade das Artes

Guia da Barra da Tijuca: Cidade das Artes

O primeiro centro cultural da Barra da Tijuca, desenhado pelo arquiteto franco-marroquino Christian de Portzamparc e inaugurado em 2013 (depois de 10 anos de obras), ainda não se livrou da pecha de elefante branco. Mas é um lindo prédio, que vale ser apreciado de perto. Se houver algo na programação -- que pode envolver exposições, teatro, cinema, palestras ou atividades educativas -- tanto melhor.

Cidade das Artes
  • Endereço: Av. das Américas, 5300, Barra da Tijuca
  • Como chegar:
    • Uber ou táxi
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + Uber ou táxi
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + BRT até Alvorada + passagem subterrânea de pedestres
  • Telefone: (21) 3325-0102
  • Horário: 3ª a dom 10h-18h (até mais tarde em dias de espetáculo)
  • Site

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Confeitaria Colombo

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Confeitaria Colombo

Aparece em: 48h no Rio | Passeios combinados | Boulevard Olímpico

Espelhos belgas, lustres tchecos, cadeiras de palhinha, mesas com tampo de mármore, o lindo vitral na clarabóia: o Rio belle-époque vive na Confeitaria Colombo. Aberta em 1894, a confeitaria só foi ganhar a roupagem mais chique entre 1912 e 1922.

Apesar de francesa (ou vienense?) na aparência, o forte da Colombo é a doçaria portuguesa, pastéis de nata e ninhos de fios de ovos à frente. Mas não é pelos doces, pelo café ou pelo chá que se vai à Colombo, mas pelo ambiente. É inacreditável que a casa tenha sobrevivido à descaracterização do Centro do Rio -- e que, mesmo tão sofisticada, seja um espaço tão democrático. Para conseguir uma mesa, provavelmente você vai ter que entrar na fila formada no centro do salão.

No mezanino funciona o restaurante Cristóvão, que serve um ótimo buffet no almoço, por R$ 70 por pessoa. (O destaque vai para a mesa de doces, claro.)

Confeitaria Colombo
          • Endereço: R. Gonçalves Dias, 32, esquina Sete de Setembro
          • Como chegar:
            • VLT Colombo (Linha 2) ou Sete de Setembro (Linha 1)
          • Telefone: (21) 2505-1500
          • Horários:
            • 2ª a 6ª 9h-19h
            • sáb e feriado 9h-17h
            • dom fechada
          • Site oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Cristo Redentor

O que fazer no Rio de Janeiro: Cristo Redentor

Aparece em: 48h no Rio | Passeios combinados | Rio com crianças

É a atração mais procurada do Rio de Janeiro. Ver a estátua de perto parece ser o objetivo principal da maioria dos visitantes. O que deveria motivar a peregrinação até lá em cima, porém, é a vista. Não existe paisagem urbana mais bonita no planeta do que a Baía de Guanabara e o Pão de Açúcar vistos da varanda do Cristo Redentor.

Suba num dia claro. Num dia de céu carregado, nuvens mais baixas do que a estátua podem eliminar a vista.

Para não enfrentar fila, compre ingresso com hora marcada (pode ser no próprio dia). O transporte de trem ou de van oficial está incluído no ingresso. A maneira mais lúdica é ir de trenzinho. O melhor custo x benefício está nas vans oficiais que saem de Copacabana ou do Largo do Machado. Quem sobe de táxi vai precisar comprar o último trecho de van oficial, do Centro de Visitantes à estátua.

Veja mais detalhes, incluindo protocolos e descontos durante a pandemia, no nosso guia completo da visita ao Cristo Redentor.

Trem do Corcovado
  • Saída: R. Cosme Velho, 513
  • Como chegar:
    • ônibus 583 ou 584
    • Uber ou táxi
  • Ingressos com transporte ida e volta:
    • a partir de 12 anos: R$ 71 a R$ 88
    • Promoção Carioquinha (nascidos ou residentes no estado do RJ): R$ 58
    • 5-11 anos: R$ 54
    • 60+: R$ 27
    • até 4 anos: grátis
  • Compre aqui
Vans oficiais Paineiras-Corcovado
  • Saída Copacabana: Praça do Lido (metrô Cardeal Arcoverde)
  • Saída Largo do Machado: Largo do Machado (metrô Largo do Machado)
  • Saída Centro de Visitantes: Estrada da Paineiras (Uber ou táxi)
  • Ingressos com transporte ida e volta:
    • Copacabana e Largo do Machado:
      • a partir de 12 anos: R$ 67 a R$ 84
      • 5-11 anos: R$ 50
      • 60+: R$ 41,50
      • até 4 anos: grátis
    • Centro de Visitantes:
      • a partir de 12 anos: R$ 34 a R$ 51
      • 5-11 anos: R$ 17
      • 60+: R$ 8,50
      • até 4 anos: grátis
  • Compre aqui

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Escadaria Selarón & Arcos da Lapa

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Escadaria Selarón

Aparece em: 48h no Rio | Passeios combinados

Com seu mosaico coloridíssimo, a Escadaria Selarón tornou-se um ponto de peregrinação de visitantes ao Rio. O artista chileno Jorge Selarón criou o mosaico entre 1994 e 2000. Depois de famosa, a obra foi incrementada com a inclusão de azulejos do mundo inteiro, enviados por estrangeiros que passaram pela escadaria. Em 2013, deprimido e vítima de ameaças de um ex-colaborador, Selarón acabou se suicidando. Mas deixou seu nome imortalizado num marco carioca.

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Arcos da Lapa

Arcos da Lapa

Ao chegar e ao sair, você vai avistar um dos ícones da paisagem urbana do Rio, os Arcos da Lapa. Foram erguidos no século 18, para sustentar o Aqueduto da Carioca, que trazia água do rio Carioca para a cidade. Desde o fim do século 19, porém, os arcos servem apenas de viaduto para a passagem do Bondinho de Santa Teresa.

Feira Rio Antigo (rua do Lavradio)

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Feira do Lavradio

Feira Rio Antigo

No primeiro sábado de cada mês você aproveita a Feira Rio Antigo, na rua do Lavradio, que acontece ao longo do dia na Lapa.

Veja mais detalhes no post Escadaria Selarón: como visitar.

Feira Rio Antigo
  • Endereço: r. do Lavradio, entre Mem de Sá e Visconde de Rio Branco
  • Horário: 1º sábado do mês, 10h-19h
  • Como chegar:
    • Uber até r. Mem de Sá, 80
    • Metrô até Cinelândia, saída D (Passeio) + 10 min a pé
  • Instagram oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Fábrica Bhering

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Fábrica Bhering

Aparece em: Passeios combinados

Uma fábrica de chocolate desativada ocupada por ateliês de artistas e designers, lojas, cafés, pequenos restaurantes e empresas da economia criativa. Desde 2010, a Fábrica Bhering é um pedacinho de Berlim encravado na Zona Portuária.

Os três primeiros andares são abertos ao público: é onde ficam as lojas e cafés. Os três andares mais altos concentram os ateliês que você pode visitar com hora marcada.

No primeiro sábado do mês a fábrica lota com o evento Circuito Interno Bhering, quando até os ateliês abrem para o público. Acompanhe outros eventos pelo Facebook da fábrica.

Fábrica Bhering
  • Endereço: R. Orestes, 28
  • Como chegar:
    • Uber (direto na porta)
    • VLT Rodoviária (você vai caminhar por ruas ermas)
  • Telefone: (21) 2213-0014
  • Lojas e cafés:
    • 2ªa sáb 10h-17h
    • dom fechada
  • Circuito Interno: 1º sábado do mês
  • Facebook

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Favela Tour

Rio de Janeiro: passeios na Zona Sul - Favela tour

Não recomendável neste momento

Incompreendido pela maioria dos brasileiros, o tour de favelas no Rio é um dos passeios mais procurados pelos gringos. Neste momento de conflitos nas favelas, não é um passeio seguro nem recomendável. Mas em tempos de paz, na minha opinião, vale muito a pena. Inclusive para nós, brazucas.

Ao contrário do que todo mundo imagina, o passeio não explora a pobreza. Pelo contrário: você sai da favela com uma opinião muito melhor de quem mora lá e das condições de moradia. Até porque o passeio é feito na Rocinha, que é a favela com mais cara de bairro (eu sempre digo, meio de brincadeira, meio sério: se caiarem as fachadas, vira Positano). A organização urbana é fascinante, a vista é linda, e o interior das casas tem tudo o que você espera encontrar numa casa de classe média.

Quando a atual onda de violência nos morros arrefecer, recomendo o passeio do operador pioneiro, o Favela Tour do Marcelo Armstrong. O passeio é feito em van (não em jipes com camuflagem de guerra, pelamordedeus). Seus guias são excelentes e o programa inclui a visita a duas escolas na Rocinha que recebem doações do Favela Tour. O fim do tour acontece num projeto social da favela urbanizada de Vila Canoas, um pouco adiante da Rocinha, onde tem um momento boteco e também uma visita a um projeto social.

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Fazendinha Nova Estação

Aparece em: Rio com crianças

Procurando um programa com criança fora dos shoppings? O passeio mais bacana com os baixinhos é a esta fazenda que tem bichos (de galinha a cavalo, passando por cabra, tucano, pavão...), horta e muitas atividades monitoradas. Fica na zona rural de Vargem Grande e abre no fim de semana. Não se esqueça do repelente.

Fazendinha Nova Estação
  • Endereço: Estrada dos Bandeirantes, 26.645, Vargem Grande
  • Como chegar:
    • Uber ou táxi
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + Uber ou táxi
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + BRT até Alvorada + Uber ou táxi
  • Telefone: (21) 2428-3288
  • Horários:
    • 6ª a dom e fer 10h-17h
    • fechado em dias chuvosos
  • Ingressos:
    • a partir de 13 anos, R$ 96
    • de 3 a 12 anos, R$ 48
    • até 2 anos e 65+, grátis
    • combos para 3, 5 e 10 pessoas - veja aqui
  • Site

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Passeios de barco

Aparece em: Passeios combinados | Rio com crianças

O Rio visto do mar é lindo também. Há muitos itinerários de barco pela Baía de Guanabara -- e também passeios às ilhas Cagarras e Tijucas, em frente às praias oceânicas cariocas.

Saindo da Marina da Glória

Da Marina da Glória saem passeios regulares e fretados. Os itinerários duram de 2 a 3 horas e costumam fazer o giro da Baía de Guanabara até Niterói. Alguns roteiros porém, tomam a direção das ilhas Cagarras, em frente a Ipanema. Os passeios compartilhados começam em R$ 100. Os passeios privativos oferecem maleabilidade de roteiro e possiblidade de paradas para mergulhar.

Passeios de barco da Marina da Glória
  • Embarque: Av. Infante Dom Henrique, s/n
  • Como chegar:
    • metrô Glória, saída B (Outeiro da Glória)
    • Uber ou táxi
  • Operadores:
    • Saveiros Tour - Site
    • Veleiro Gandaia - Site
    • Fantasma Boat - Site
Saido do Museu do Amanhã

O catamarã do Rio Boulevard Tour faz um roteiro bem interessante: vai do Museu do Amanhã ao MAC de Niterói, deopis costeia as fortalezas de Niterói e volta pelo Pão de Açúcar e orla do Flamengo, passando ao largo do Aeroporto Santos Dumont e da Ilha Fiscal antes de voltar. O passeio leva 1h10.

Passeios de barco Rio Boulevard Tour
  • Embarque: Praça Mauá, 1
  • Como chegar:
    • VLT Parada dos Museus
  • Dias de operação: 5ª a domingo
  • Horários: consultas pelo WhatsApp (21) 99962-1212
  • Preços:
    • inteira: R$ 110
    • Cariocas e moradores: R$ 99
    • Estudantes até 21 anos: R$ 70
    • Crianças até 2 anos: grátis
  • Facebook oficial
Saindo da Praça XV

O passeio mais em conta pela Baía de Guanabara é organizado pela Marinha. Originalmente é feito no histórico Rebocador Laurindo Pitta, mas como está em manutenção, a Marinha tem usado outras embarcações. O itinerário leva até Niterói, passando ao largo dos fortes, voltando pelo Pão de Açúcar, Aterro do Flamengo, Aeroporto Santos Dumont e Ilha Fiscal.

Os ingressos estão à venda apenas presencialmente, no dia do passeio, entre 11h e 14h40.

Passeio de barco da Marinha
  • Bilheteria: Espaço Cultural da Marinha, Boulevard Olímpico, à altura da Pira Olímpica
  • Horário da bilheteria: 5ª a dom 11h-14h40
    • Como chegar:
    • VLT parada Candelária
  • Passeios:
    • 5ª a dom 13h15 e 15h
  • Ingressos:
    • inteira: R$ 36
    • meia: R$ 18
    • com direito a visitar outras atrações do Espaço Cultural
  • Site oficial
Passeio de barco às ilhas Tijucas com transporte à Barra
  • Saída: Hotel Othon Palace, av. Atlântica, 3264
  • Como chegar:
    • Uber ou táxi
    • Metrô Cantagalo, saída B (Xavier da Silveira)
  • Preço:
    • R$ 160 parcelados em até 12 vezes
  • crianças permitidas a partir de 10 anos

Pedra do Telégrafo

Aparece em: Passeios combinados

Sucesso no Instagram, a Pedra do Telégrafo é um mirante em Barra de Guaratiba que, além de vistas deslumbrantes para as praias selvagens de Guaratiba e para a Restinga da Marambaia, ainda garante um efeito especial para a sua foto: a pontinha da pedra permite criar uma ilusão de ótica na foto, como se você estivesse se arriscando a cair no precipício. Não há perigo: o lugar é protegido por um platô.

Atualmente, o lugar oferece uma ilusão de ótica extra: além de parecer que pode despencar montanha abaixo, você ainda passa a idéia de que está num lugar selvagem e remoto. Na vida real, porém, haverá uma fila de gente esperando sua vez de tirar a foto, tamanha é a popularidade do lugar. (Ah, sim: o nome da pedra também é uma ilusão. Pedra do Telégrafo é o nome do morro. Aquela pedra específica onde todo mundo se pendura é a Pedra da Bigorna.) A trilha começa depois de uma ladeira urbana, que você pode subir de mototáxi (R$ 10). A partir do início da trilha, são pouco menos de 30 minutos de caminhada.

Barra de Guaratiba também tem outra trilha, que sai da praia da vila e leva às praias selvagens do Perigoso, dos Búzios, do Meio, Funda e do Inferno.

Pedra da Bigorna (Pedra do Telégrafo)
  • Local: Barra de Guaratiba
  • Como chegar:
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + Uber ou táx + mototáxi
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + BRT até Ilha de Guaratiba + ônibus 867 + mototáxi
    • Uber ou táxi + mototáxi

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Pira Olímpica

Aparece em: Boulevard Olímpico

A Pira Olímpica fica em frente à Igreja da Candelária (e ao lado do CCBB). Mesmo com a chama apagada, continua uma linda escultura cinética -- e é, sem dúvida, o mais bonito dos souvenirs olímpicos.

Pira Olímpica
  • Endereço: Orla Conde, em frente à Igreja da Candelária
  • Como chegar:
    • VLT parada Candelária
  • Sempre aberta

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Pôr do sol no Arpoador

Rio de Janeiro: passeios na Zona Sul - pôr do sol no Arpoador

Aparece em: 48h no Rio | Passeios combinados

Copacabana é voltada para o leste: o sol nasce no mar. Já Arpoador, Ipanema e Leblon são voltados para o sul. Isso permite que o sol se ponha à direita da praia, atrás da montanha Dois Irmãos. No alto verão, o sol morre ao lado da montanha, praticamente no mar.

O pôr do sol emoldurado pelos Dois Irmãos é visível ao longo de toda a enseada. Mas o grande camarote é a Pedra do Arpoador, no canto esquerdo. Basta ir até o fim do calçadão, continuar pela pedra e encontrar (ou disputar) um ponto estratégico. Você estará de frente para o espetáculo. No fim, pode acompanhar o aplauso (os haters não estão vendo).

Pôr do sol na Pedra do Arpoador
  • Endereço: Praia do Arpoador, canto esquerdo
  • Como chegar:
    • A pé, dos Postos 5 ou 6 de Copacabana: vá até a rua Francisco Otaviano e entre à esquerda na servidão ao lado do hotel Arena Leme
    • A pé, vindo de Ipanema: siga pelo calçadão na direção oposta ao Leblon
    • Metrô General Osório, saída A (Praça General Osório): atravesse a praça em direção à praia, no calçadão vire à esquerda
    • Uber ou táxi: salte no hotel Arena Leme e siga pela servidão lateral
  • Grátis

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Quinta da Boa Vista

Rio de Janeiro: passeios na Zona Norte - Quinta da Boa Vista

Aparece em: Passeios combinados

Você salta do metrô na estação São Cristóvão, passa pela conturbada estação de trens da SuperVia, atravessa rua na faixa de segurança e... ao cruzar o portão da Quinta da Boa Vista você entra em território sangue-azul. Aqui residiram a família real portuguesa e a família imperial brasileira, de Dom João VI a Dom Pedro II. Naquele tempo, era possível ver a Baía de Guanabara ao longe, do alto da colina onde está instalado o palácio -- daí a 'boa vista'.

Hoje em dia a Quinta da Boa Vista funciona como parque municipal, sem cobrança de ingresso. É concorridíssima no fim de semana, quando acorrem famílias que alugam tricicletas e fazem piqueniques, e casais de namorados em busca de selfies românticas no charmoso coreto ou na gruta artificial. Mas a Quinta anda menos bem-cuidada do que merece. Poética no papel, a 'Alameda das Sapucaias' é uma avenida asfaltada, com quebra-molas pintados de amarelo. O paisagismo original do francês Auguste Glaziou tem sido desfigurado, há fiação exposta perto do lago, e os monumentos precisam de reparos.

Para piorar, seu maior tesouro, o Museu Nacional, foi arrasado pelo incêndio de setembro de 2018. A outra grande atração do conjunto, o Rio Zoo está em obras, com visitação apenas parcial -- mas deve se tornar o zoológico mais moderno da América do Sul. Quando ficar pronto, vai valorizar muito a Quinta.

A visita hoje vale mais pela curiosidade histórica -- e, para as crianças, para andar de pedalinho, tricicleta ou trenzinho.

Quinta da Boa Vista
  • Endereço: Av. Pedro II, s/nª
  • Como chegar:
    • Metrô São Cristóvão, saída B (Trens da SuperVia)
    • Uber ou táxi
  • Horário: diariamente 7h-18h
  • Entrada gratuita
  • Site

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Real Gabinete Português de Leitura

Real Gabinete Português de Leitura

Real Gabinete Português de Leitura

Aparece em: Passeios combinados

É, sem dúvida, a atração mais curiosa do Centro do Rio. Escondido num miolinho conturbado, o Real Gabinete Portuguez de Leitura está fora do circuito central da Cinelândia à Praça Mauá. Se bem que agora ficou mais perto: já dá para chegar de VLT (é um programa ótimo de combinar com a Confeitaria Colombo ou a Igreja de São Francisco dos Penitentes).

O palacete, erguido em 1837, segue o estilo neomanuelino e evoca o Mosteiro dos Jerónimos. Sua fachada pode até passar despercebida, confundida, sei lá, com uma igreja. Mas é impossível não ficar boquiaberto ao alcançar o interior da biblioteca -- que não ficaria fora de lugar num filme de Harry Potter. As estantes de madeira entalhada guardam 350.000 livros disponíveis para consulta. Os exemplares mais raros estão expostos em vitrines.

Visitantes só podem circular pelo térreo. Lembre-se de manter silêncio. É permitido fotografar, sem flash.

Real Gabinete Português de Leitura
  • Endereço: R. Luís de Camões, 30
  • Como chegar:
    • VLT Praça Tiradentes
  • Tel.: (21) 2221-3138
  • Horário: 2ª a 6ª 9h-18h
  • Entrada gratuita
  • Site oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

RioZoo

Rio de Janeiro: passeios na Zona Norte - Rio Zoo

Aparece em: Passeios combinados | Rio com crianças

O RioZoo está sendo preparado para se tornar um zoológico de última geração, usando o San Diego Zoo, na Califórnia, como modelo. O espaço para os bichos vai aumentar, e vidros substituirão grades, dentro do conceito de "enclausuramento reverso" -- os visitantes é que ficam presos em áreas seguras, enquanto os bichos vão ficar o mais soltos possível. A execução do projeto está a cargo do novo concessionário, o Grupo Cataratas, que também que administra (com competência) o Parque Nacional de Iguaçu e o acesso de visitantes por van ao Cristo Redentor, e tem sociedade no AquaRio.

A reforma já começou, mas o zôo continua abrindo para visitação parcial -- apenas no fim de semana, e cobrando ingresso popular. Veja o que está aberto aqui. E saiba como vai ficar o novo RioZoo quando abrir (previsão: janeiro/2020) aqui (clique e role a página).

Rio Zoo
  • Endereço: Quinta da Boa Vista, Av. Pedro II, s/nª
  • Como chegar:
    • Metrô São Cristóvão, saída B (Trens da SuperVia)
    • Uber ou táxi
  • Telefone: (21) 3878-4200
  • Horário durante obras: sáb, dom e feriado 10h-17h
  • Tarifa única promocional durante as obras: R$ 10
  • Site

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Roda Gigante Rio Star

Roda gigante Rio Star

Rio Star

Aparece em: Passeios combinados | Rio com crianças | Boulevard Olímpico

A mais nova atração do Rio de Janeiro abriu em dezembro de 2019. Com 88 metros de altura, a Rio Star é a maior roda gigante da América Latina. Nos 20 minutos em que a roda leva para dar a volta completa você aprecia alguns ângulos pouco convencionais do Rio. Você vai ver Boulevard Olímpico (com o Terminal de Cruzeiros e o Museu do Amanhã), a Ponte Rio-Niterói, o Morro da Previdência (a primeira comunidade carioca, de 1897), o relógio da Central do Brasil, o Centro da cidade e, bem à distância, o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar (este, no vão entre prédios).

A experiência de andar numa roda realmente gigante é o que vale mais a pena no passeio. Encare a vista como um bônus, e não como o motivo principal para subir na Rio Star. Para pegar menos fila, prefira vir de manhã.

Veja mais detalhes, incluindo os protocolos e descontos durante a pandemia, no nosso guia completo de visita à Roda Gigante Rio Star.

Roda Gigante Rio Star
  • Endereço: Av. Rodrigues Alves, 455, Santo Cristo
  • Horário: diariamente 10h-18h
  • Ingressos:
    • Inteira: R$ 70 na bilheteria - R$ 59 online
    • Meia: R$ 35
    • Ingresso Redescubra o Rio: R$ 55 na bilheteria - R$ 49 online
    • Crianças de 0 a 2 anos: grátis
  • Bilheteria oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Santa Teresa

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Santa Teresa

Aparece em: Passeios combinados

Visitar 'Santa', como os cariocas chamam o bairro, é como fazer uma escapada dentro da própria cidade. Os artesãos, as ruas de paralelepípedo, o bonde, gente conversando na porta dos bares e muitas casas antigas dão a Santa Teresa um ar nostálgico, um outro ritmo.

O bonde de Santa Teresa

Fora de circulação por quatro anos (por causa de um acidente com vítimas), em 2015 o Bondinho de Santa Teresa voltou a restaurar a paisagem urbana do bairro. A carcaça é a mesma, mas o espírito está diferente. O bondinho não é mais o meio de transporte por excelência de Santa Teresa. Tornou-se um meio de locomoção essencialmente turístico. As passagens, antes risíveis de tão baratas, hoje custam R$ 20 (a volta está incluída). Moradores cadastrados e estudantes uniformizados andam de graça, mas a freqüência é tão esparsa -- um bondinho a cada meia hora -- que pouca gente acaba usando.

Ainda assim, o bondinho ainda é o meio mais charmoso de chegar a Santa Teresa. Além de permitir reviver um pouquinho da história do Rio, quando esse tipo de bonde era o transporte que levava a todas as partes da cidade. Só preste atenção nos horários, que são limitados. Quando não estiver funcionando, use o Uber.

Bonde de Santa Teresa
  • Embarque: R. Lélio Gama, 2 - atrás do prédio da Petrobrás
  • Como chegar à estação:
    • metrô Carioca, saída B (Repúbica do Chile)
  • Horários:
    • 2ª a 6ª 8h-15h
    • sáb 10h-15h
    • dom e feriado 10h-15h
  • Passagem: R$ 20 (inclui a volta)
  • Site oficial
Parque das Ruínas

Rio de Janeiro: passeios em Santa Teresa - Parque das Ruínas

Parque das Ruínas

Um bom lugar para começar uma visita ao bairro é no Parque das Ruínas -- um palacete transformado em centro cultural, de onde se tem uma vista deslumbrante da cidade. De lá, uma caminhada tranqüila leva ao Largo dos Guimarães, onde fica a maior concentração de lojinhas de artesanato, bares, restaurantes e gente na calçada.

Parque das Ruínas
  • Endereço: R. Murtinho Nobre, 169
  • Telefone: (21) 2215-0621
  • Horário: 3ª a dom 8h-18h
  • Entrada: gratuita
  • Facebook oficial
Comer e beber

Difícil é escolher: há muitos lugares tentadores.

  • Pastel e feijoada: Bar do Mineiro (R. Paschoal Magno, 99, tel. 21 2221-9227, fecha 2ª - Instagram)
  • Comida nordestina: Café do Alto (R. Paschoal Carlos Magno, 143, tel. 21 2507-3172 - Instagram)
  • Saudável: Sobrenatural (R. Almirante Alexandrino, 432, tel. 21 2221-9465 - Instagram)
  • Botequim centenário: Bar do Gomez/Armazém São Thiago (R. Áurea, 26, tel. 21 2232-0822 - Instagram)

Mas onde quer que se almoce ou se petisque, o importante é deixar a sobremesa com a Alda Maria, doceira de mão cheia, com uma linda casa que leva o seu nome. O ambiente não poderia ser mais aconchegante; as especialidades portuguesas (toucinho do céu, encharcada, pastel de nata, entre outras muitas gostosuras) são dispostas em uma vitrine delicada, e o salão é como casa de vó (R. Almirante Alexandrino, 1116, tel. 21 2232-1320 - Instagram).

Bonzolândia

Antes de ir embora, passe pelo ateliê Chamego Bonzolândia. Ali o artista plástico Getúlio Damado monta bonecos feitos de sucata e exibe suas obras numa réplica do bondinho de Santa Teresa (Leopoldo Fróes, 15, tel. 21 2531-9066 - Instagram).

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Sítio Roberto Burle Marx

Guia da Barra da Tijuca: Sítio Burle Marx

Aparece em: Passeios combinados

Este é o grande passeio da Zona Oeste. Burle Marx doou o sítio onde morava (e trabalhava) à União, para que fosse preservado como ele criou. Quem administra a propriedade é o IPHAN, que conduz excelentes visitas guiadas duas vezes por dia, de 3ª a sábado (é preciso reservar com antecedência).

Você visita os viveiros onde Burle Marx adaptava plantas brasileiras e exóticas, percorre os jardins do sítio (com direito a causos sobre árvores e plantas) e visita as duas casas do paisagista: a mais antiga, que ele mantinha como um museu de arte sacra brasileira e latino-americana, e a nova, que ele projetou para integrar o estúdio aos aposentos de dormir, mas que não chegou a concluir.

Ah: não esqueça de levar repelente.

Sítio Roberto Burle Marx
  • Endereço: Estrada Estrada Roberto Burle Marx, 2019, Guaratiba
  • Como chegar:
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + Uber ou táxi
    • Metrô Jardim Oceânico, saída A (Lagoa) + BRT até Ilha de Guaratiba + ônibus 867, Uber ou táxi
    • Uber ou táxi
  • Telefone: (21) 2410-1412
  • Visitas guiadas: 3ª a sáb 9h30 e 13h30 (agendamento obrigatório)
  • Ingressos:
    • inteira: R$ 10
    • estudantes e 60+: R$ 5
    • até 5 anos: grátis
  • Site

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Teatro Municipal

Rio de Janeiro: passeios no Centro - Theatro Municipal

Aparece em: Passeios combinados | Rio com crianças

Inspirado na Ópera de Paris, o Theatro Municipal foi inaugurado em 1909, depois de quatro anos de obra. O teatro já passou por várias reformas (uma delas ampliou o número de lugares), mas permanece fiel ao estilo original. Na visita guiada você fica por dentro de todas as fofocas ligadas à construção (a começar pelo favorecimento do filho do prefeito Pereira Passos no processo de escolha do projeto). Você passa pelo Café do Theatro (antigo restaurante Assyrio, em estilo babilônio), senta na platéia, visita o foyer e bisbilhota um camarote. O tour passa em revista as principais obras de arte, com destaque para o magnífico painel 'A Música', de Eliseu Visconti. O percurso leva uma hora. Os ingressos são vendidos na bilheteria da lateral esquerda (de quem olha para a fachada).

Theatro Municipal
  • Endereço: Praça Floriano, s/nº
  • Como chegar:
    • metrô Cinelândia, saída A (Theatro Municipal)
  • Telefone: (21) 2332-9220
  • Visitas guiadas:
    • 3ª a 6ª 12h, 14h30 e 16h
    • sáb e feriado, 11h, 12h e 13h
    • sem visitas dom e 2ª
  • Ingressos para visitas guiadas:
    • inteira, R$ 20
    • meia, R$ 10
    • Bilheteria na lateral (av. 13 de Maio)
  • Site oficial

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Vista Chinesa

Rio de Janeiro: passeios na Zona Sul - Vista chinesa

Aparece em: Passeios combinados

Se dá para colocar algum defeito na vista que se tem do Pão de Açúcar, é que de lá de cima não se vê o Pão de Açúcar. Pois a Vista Chinesa é um mirante na Floresta da Tijuca que tem vista panorâmica para com vista panorâmica para muitos dos ícones mais conhecidos do Rio: o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a Lagoa Rodrigo de Freitas, as praias do Leblon, Ipanema e Arpoador, o Morro Dois Irmãos. O nome se deve ao pagode construído no início do século XX.

Para tirar uma foto mais bonita do que a minha, vá à tarde. De manhã, quando eu fui, a paisagem estará no contraluz. E, evidentemente, escolha um dia claro.

Atenção: o deslizamento de asfalto na estrada Dona Castorina em setembro/2019 interditou o acesso via Jardim Botânico. O trecho ainda não foi reaberto. Use o acesso via São Conrado/Alto da Boa Vista.

Vista Chinesa
  • Endereço: Estrada Dona Castorina, s/n, Floresta da Tijuca
  • Acessos:
    • vindo do Jardim Botânico: rua Pacheco Leão (INTERDITADO ATÉ 2020)
    • vindo de São Conrado: estrada da Canoa

Como chegar:

  • Táxi (peça para ficar esperando) ou Uber (programe uma parada)
  • Bicicleta (dá para subir inclusive do Jardim Botânico)
  • Carro (mas o estacionamento é superlimitado)

Voltar | Atrações A-Z | Topo

Vôo duplo em São Conrado

Rio de Janeiro: passeios na Zona Sul - Vôo duplo em São Conrado

Aparece em: Passeios combinados

Sobrevoar um dos pontos mais fotogênicos do Rio a bordo de uma asa delta ou de um paraglider não requer experiência nem preparo físico. Basta ter mais de 16 anos, não sofrer de vertigem e poder desembolsar entre R$ 500 e R$ 600 pela aventura. A pilotagem é feita por um instrutor que voa com você (por isso o tal do 'vôo duplo', ou 'tandem flight' em inglês).

Os vôos acontecem do início da manhã ao fim da tarde, sempre que as condições meteorológicas permitirem. Na maioria dos operadores você pode escolher entre decolar de asa delta (em que você voa na horizontal, como um pássaro) ou paraglider (em que você vai sentado, como um piloto de ultraleve).

A aventura costuma começar no canto direito da praia do Pepino, em São Conrado. Ali, atendentes dos operadores, equipados com pranchetas, entregam o contrato de seguro para você assinar. Então você é levado de van até a rampa da Pedra Bonita, 520 metros acima do nível do mar. Antes de saltar você faz um pequeno curso junto com o seu instrutor, para aprender a interagir como equipe.

O vôo dura entre 7 e 20 minutos, dependendo das condições do vento. O pouso é feito na praia do Pepino, em São Conrado (a mesma em que você assinou o contrato para voar).

Quanto custa o vôo duplo?

O vôo, incluindo o transporte da praia do Pepino até a rampa da Pedra Bonita e o seguro obrigatório, começa em R$ 660. Obviamente você vai querer acrescentar fotos e/ou vídeo ao pacote, o que faz subir o preço para o patamar dos R$ 800. Você pode levar a sua GoPro desde que compre também a cobertura fotográfica oferecida pelo operador. Caso você inclua traslado de ida e volta ao hotel, o preço sobe um pouco mais.

Infelizmente, a maioria dos operadores não publica seus preços: obrigam você a ligar. O único site que divulga os preços com transparência é o do Centro de Voo Livre de São Conrado.

Um bom ponto de partida é a página de passeios de vôo livre do TripAdvisor. Ali você encontra vários operadores avaliados com 5 estrelas pelos clientes.

Como chegar

Vá de Uber ou táxi no canto direito da praia de São Conrado. Alguns operadores buscam no metrô São Conrado, saída C (São Conrado). Outros ainda incluem o traslado de/para o seu hotel.

Voltar | Atrações A-Z | Topo

15 comentários

Lúbia Scliar Zilberknop

O roteiro sugerido do Rio de Janeiro está fantástico! Para ficar ainda + completo, aqui vai outra sugestão: Pista Cláudio Coutinho, na Urca.

Jose ferro
Jose ferroPermalinkResponder

Espetacular. Parabéns e obrigado

Ivanisejorge Monteiro Guimarães

Adorei todas as informações . Assim foco mas antenada . Obrigada até a próxima.

Elisandra
ElisandraPermalinkResponder

Esse post tá simplesmente fantástico!!! Parabéns pela riqueza de detalhes exposta sem excesso!!! ????

Fernando Lorenzet

Bom dia!
Sempre leio as recomendações do site e que legal quando vocês atualizam. Parabéns! Estarei no Rio entre 03/03 até 12/03 e muitas ideias peguei daqui. Como seremos um casal e duas crianças de 06 e 09, melhor mesmo é apenas nos locomovermos de taxi/uber, concorda... Abraço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Corridas curtas, em que você conheça o caminho, pegue táxi na rua. Corridas longas, em que o taxista pode inventar voltas desnecessárias, chame pelo 99 ou Uber. Para ir ao Centro (e também ao início da Barra), o metrô é muito mais rápido. E para deslocamentos no Centro, o VLT é mais seguro e as crianças vão adorar.

Se chegar pelo aeroporto Santos Dumont, não pegue táxi. Pegue Uber.

https://www.viajenaviagem.com/destino/rio-de-janeiro/como-se-locomover-rio-de-janeiro/

Fernando Lorenzet

Valeu! Muito obrigado!

Bianca Silveira

Bom dia! Adorei as ideias e recomendações, vou conhecer o Rio e o site me ajudou muito. Parabéns e obrigada!

Driele Camargo Pinheiro

Gostaria de deixar o meu MUITO OBRIGADA pela qualidade do conteúdo. Completíssimo! Fiquei muito satisfeita em encontrar tantas informações em um só blog.

Jennifer Layle Oliveira Diniz

sem dúvida, o melhor conteúdo que eu achei sobre o assunto. e eu procurei MUITO! Parabéns!!!!!!!!!!!! e muito obrigada

Cear Martins
Cear MartinsPermalinkResponder

Ricardo, que guia completissimo de tudo o que fazer no no Rio.
Eu vi que você fez um mesclado de lugares gratuitos e pagos achei muito legal e até desconhecia o Parque das Ruínas.
Eu recentemente escrevi um artigo falando sobre os 25 lugares-para-conhecer-no-rio-de-janeiro-de-graca.
Posso adicionar o link do seu site para ele?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cear! Quem responde é A Bóia. Claro, não precisava nem pedir! Obrigada!

Lilian Guevara

SImplesmente o melhor post do rio que eu ja vi

KISIE MARI PEREIRA CARDOSO

Boa noite pessoal,

Vou ir ao Rio em 03/2020 com meu filho de 7 anos. Ficaremos hospedados em Copacabana por 3 dias (de sexta à segunda). O que recomendam de interessante e que sejam um perto do outro para ir seguindo "um caminho" e não pagar muito em taxi ou Uber. Saindo de Copacabana, onde podemos ir com VT? existe algum lugar seguro para solicitar informações quando estivermos por lá?

Desde já agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kisie! Você vai precisar pegar metrô (se a pandemia já tiver passado), táxi ou Uber. De Uber sai bem baratinho. Siga os nossos roteiros prontos.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar