Lençóis Maranhenses

Ciclo das águas
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Guia dos Lençóis Maranhenses

Veja neste guia prático de viagem aos Lençóis Maranhenses:

É lindo. É único. É o ecossistema mais original do Brasil. Mas de "deserto", os Lençóis Maranhenses só têm mesmo a areia. Chove bastante no primeiro semestre: é o que faz as lagoas encherem, ano após ano.

Lá por junho, as chuvas cessam e o sol passa a brilhar todos os dias. E então as lagoas começam, lentamente, a secar. Em meados de outubro, a maior parte estará vazia.

Lençóis Maranhenses: as bases

Santo Amaro - Barreirinhas - Atins

A grande novidade dos Lençóis Maranhenses é a pavimentação da estrada a Santo Amaro do Maranhão, o vilarejo que fica praticamente dentro do parque nacional. Santo Amaro oferece um acesso mais rápido a mais lagoas, e suas lagoas também são as que ficam cheias por mais tempo.

Por isso, a partir da versão 2019 deste guia, Santo Amaro passa a encabeçar as dicas dos Lençóis Maranhenses em todas as seções.

Voltar | Topo

Lençóis Maranhenses: quando ir?

Lençóis Maranhenses: quando ir

Vá de meados de junho ao início de setembro

O ciclo das águas é implacável. No primeiro semestre, as chuvas constantes abastecem o lençol freático (captou?), que transborda e forma as lagoas. No segundo semestre, o sol perene vai secando as lagoas que a chuva encheu.

Para visitar os Lençóis Maranhenses em todo o seu esplendor, você precisa ir no no início da época seca, antes que as lagoas evaporem. É preciso esperar parar a chuva porque com tempo nublado as lagoas, mesmo cheias, perdem o encanto: é a luz do sol que ilumina os azuis e verdes das lagoas mais bonitas.

Se você quer ter uma experiência à altura da sua expectativa, vá entre junho e setembro.

Lençóis Maranhenses quando ir

Lagoas na sombra: é preciso sol para que elas brilhem

Lençóis Maranhenses: quando as lagoas estão cheias?

Lagoas supercheias, sol | Junho (2ª quinzena) | Julho

Lagoas ainda cheias, sol | Agosto | Setembro (1ª quinzena)

Lagoas ainda cheias em Santo Amaro, sol | Setembro (2ª quinzena) | Outubro (1ª quinzena)

Lagoas secas, sol | Outubro (2ª quinzena) | Novembro | Dezembro

Lagoas enchendo, chuvas | Janeiro | Fevereiro | Março | Abril

Lagoas cheias, tempo instável | Maio | Junho (1ª quinzena)

Veja a situação mês a mês:

Lençóis Maranhenses entre janeiro e maio

É a época das chuvas. As lagoas começam o ano secas de tudo e só vão ter volume novamente lá por abril ou maio. Mas mesmo quando já houver volume, o tempo estará instável e você pode desperdiçar os passeios encontrando as lagoas sob tempo nublado, sem brilho.

Lençóis Maranhenses entre junho e setembro

As lagoas estão cheias, e o tempo está firme, com sol brilhando todos os dias. Assim estão criadas as condições para uma viagem 100% satisfatória. Quanto mais cedo nesse intervalo você vai, mais lagoas cheias vai encontrar.

Note que, a partir de agosto, algumas lagoas começam já a apresentar volume baixo, sobretudo em Atins. Em Barreirinhas, para pegar o circuito da Lagoa Bonita no auge da beleza, vá até o fim de julho, comecinho de agosto.

Lençóis Maranhenses entre outubro e dezembro

Depois de setembro, as lagoas secam. Em Santo Amaro ainda é possível encontrar lagoas com água até o início de outubro, se a temporada de chuvas tiver sido boa. Mas de maneira geral, a partir de outubro o caçador de lagoas terá o seu objetivo bastante prejudicado.

Mas não tem nenhuma lagoa perene?

A única lagoa perene o ano inteiro, a Lagoa da Esperança, não é como as outras.

Apenas uma de suas margens tem um paredão de duna. Pelo menos metade do seu entorno é composto por mangue. As águas são escuras. Não é a paisagem dos Lençóis Maranhenses que você tem na cabeça.

Lençóis Maranhenses + São Luís

Para combinar a melhor época dos Lençóis com a melhor época de São Luís, venha na época de São João (2ª quinzena de junho), quando a capital está tomada pelo bumba-meu-boi. Comece pela festa e depois vá curtir os Lençóis.

Voltar | Topo

424 comentários

Tuane
TuanePermalinkResponder

Olá, primeiramente muito obrigada pelas dicas, são sempre muito boas, antes de viajar sempre dou uma passadinha por aqui.
Dessa vez nosso destino é o trekking dos lençóis, separamos 6 dias para isso e ainda teremos mais 3 dias sobrando. Minha dúvida é, fora o trekking preciso fazer mais algum passeio que contemple alguma outra lagoa? Ou só o trekking por si só já o suficiente? Temos medo de não fazer mais nenhum outro passeio e nos arrependermos depois.
Desde já obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tuane! A experiência do trekking é complementar ao turismo convencional. Vale para ter a sensação plena do que são os Lençóis e de passar por lagoas inacessíveis à grande maioria dos visitantes. Mas os guias priorizam as caminhadas em horários sem sol alto. Uma parte da travessia é feita de madrugada para que seja menos extenuante. Com isso, você passará por muitas lagoas em horários em que as fotos não ficam tão impressionantes; no meio do dia, as cores da água ficam mais vivas e a transparência se acentua.

Por isso, mesmo que você faça o trekking, vale a pena ter alguns dias extras para passeios convencionais.

Eu sugiro o seguinte:

- faça o circuito da Lagoa Bonita (esse, não a Lagoa Azul) em Barreirinas
- vá a Atins
- faça o trekking
- durma pelo menos duas noites em Santo Amaro (a noite da chegada e a noite seguinte, para ter um dia inteiro de preguiça curtindo lagoas próximas à vila, sem oásis nem caminhadas)

Manuela
ManuelaPermalinkResponder

Olá, Boia, vi aqui que a estrada para Santo Amaro está pavimentada, mas em outro post que a gente precisa fazer parte do trajeto em um 4x4 contratado. Vc poderia me esclarecer?
Caso tenha esse trajeto de 4x4, ele é longo?

Por último, alguma recomendação específica para viagem aos lençóis com criança pequena? (3 anos)

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Manuela! É um trecho curto, um "táxi" local entre o estacionamento e a vila. Carros de fora da vila não podem por lei atravessar o rio.

Dâmaris De Araujo Bracht

Muito obrigada ! Super relevante suas dicas. Me ajudaram muito a decidir meu destino de viagem .

Tuane
TuanePermalinkResponder

Foi-me sugerida pelo meu guia do trekking que eu tenha 2 dias inteiros de preguiça, mas isso dentro do Parque, sendo 1 dia na Baixa Grande e outro na Queimada dos Britos. Seria melhor que trocasse um desses dois dias por um dia livre em Santo Amaro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tuane! É uma estratégia interessante, a da sua guia. Aceite se você estiver disposta a mais duas noites de hospedagem precária, sem ar condicionado. Do ponto de vista de aproveitar a travessia, vale a pena, porque você pode explorar lagoas próximas de dia, em vez de passar por elas de madrugada, quando não têm efeito.

Maria Luísa
Maria LuísaPermalinkResponder

Olá, tudo bem?
Vou no início de Agosto para os Leçóis Maranhenses e peguei um pacote em que só vou ter 2 dias inteiros, sexta e sábado, pois na quinta chego em Barreirinhas vindo de São Luís e no domingo vou embora. Quinta e domingo talvez eu tenha um tempo de passeio, mas não o dia todo.
Você poderia me dar uma dica de roteiro?
Além disso, teria algum contato de transfer de São Luís para Barreirinhas (onde ficarei hospedada)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Luiza!

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/destino/lencois-maranhenses/o-que-fazer-lencois-maranhenses/

Você pode contratar o trânsfer com nossa parceira Easy Travel Shop: clique aqui.

Maria Luísa
Maria LuísaPermalinkResponder

Olá, você teria dica de transfer de São Luís até Barreirinhas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Luisa! Você pode contratar o trânsfer com nossa parceira Easy Travel Shop: clique aqui.

Karen
KarenPermalinkResponder

É um bom passeio com criança de 6 anos?

Os lencóis são em uma cidade especifica ou tem em diferentes cidades, em qual região é melhor se hospedar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karen! Em Barreirinhas os passeios requerem caminhadas. Em Santo Amaro não.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/destino/lencois-maranhenses/o-que-fazer-lencois-maranhenses/

Nancy
NancyPermalinkResponder

Olá, gostaria de compartilhar duas dicas sobre deslocamento que acho importante: não há transfer coletivo aos domingos de São Luís para Santo Amaro fora da alta temporada e reserve sua passagem na voadeira para voltar de Atins com antecedência principalmente se quiser retornar no sábado quando uma das duas empresas não oferece o serviço.

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Oi bóia, primeiramente muito obrigado pelas dicas, são ótimas. Gostaria de saber se agora, com a época de seca em todo país, vale a pena ir visitar os lençóis na segunda semana de julho. Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! A época de visitar os Lençóis é na seca. Na chuva as lagoas enchem. No início da estação seca as lagoas estão cheias e o sol está brilhando.

Adélia Pinto
Adélia PintoPermalinkResponder

Olá, não consegui encontrar a data do post sobre Lençóis Maranhenses, vocês podem me informar? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adélia! O guia está atual.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar